Estado de Goiás

Revista Nós - Chamada de trabalhos  

Revista Nós está recebendo trabalhos (resumos) até 1 de julho de 2018 para o Dossiê Raça e (de) colonialidade na cultura, na comunicação e nas artes a ser publicada em abril de 2019.
 
As organizadoras do Dossiê são Ana Lúcia Nunes de Sousa, Universidade Estadual de Goiás, Brasil (anabetune@gmail.com) e Karo Moret. Universitat Pompeu Fabra, España (karo.moret@upf.edu).
 
Sobre o Dossiê:
 
As consequências do legado colonial no território de Abya-Yala e/ou nos territórios da diáspora africana continuam moldando e influenciando a cultura contemporânea. Convidamos a enviar textos como pedagogias que exerçam uma dinâmica descolonizadora, nos quais a categoria “raça” interpele transversalmente a academia, seus membros e a sociedade em relação aideologias, estética e suas manifestações culturais e globais.
 
Convidamos autores de textos que abordem projetos interdisciplinares da área de estudos culturais, como dança, pintura, literatura, performance, comunicação e jornalismo, cinema, artes visuais, música, comissariado, publicação, gestão da arte e história.
 
O dossiê se propõe a avaliar o campo dos estudos da raça, diáspora e género/pensamento feminista racializado dentro da cultura, sua produção e os estudos culturais. Artistas e acadêmicos cujo trabalho incida sobre questões raciais, diaspóricas, de descolonização do currículo e dos conteúdos de estudo, representação, autoria estão convidados a enviar suas contribuições.
 
Autores vinculados a Abya-Yala e/ou à diáspora africana são bem-vindos eespecialmente convidados a enviar seus resumos.Normas de envio:
 
Bio: 50 palavras
Resumo: 300 palavras
Resumos: até 1 de julho de 2018
Notificação de aceitação: até 30 de julho de 2018
 
Envio do artigo completo: até 30 de outubro de 2018
Publicação em abril de 2019
Normas de publicação:
 
Por favor, envie seu resumo de 300 palavras por email para as editoras convidadas
Ana Lúcia Nunes de Sousa (anabetune@gmail.com) e Karo Moret Miranda(karo.moret@upf.edu), até domingo, 1 de julho de 2018.
 
Notícia publicada em 02/05/2018