Estado de Goiás

Disciplinas  

RELAÇÃO DE TODAS AS DISCIPLINAS QUE SERÃO OFERECIDAS PELO TECCER


 

SEMINÁRIO DE PESQUISA

 

Ementa: Estudo das questões de metodologia da pesquisa ligadas aos projetos de dissertação. Interdisciplinaridade na pesquisa em ciências sociais. Elaboração do problema e a construção do objeto da pesquisa. Elaboração do Plano de Pesquisa. Discussão das técnicas de pesquisa, da coleta de dados e formulação de instrumentos de análise. Orientações gerais para confecção de projeto de pesquisa. Ética na pesquisa científica. Redação científica. Discussão dos resultados parciais das dissertações por meio de seminários temáticos.

 

POLÍTICAS TERRITORIAIS EM ÁREAS DO CERRADO

 

Ementa: Relações entre Estado e território. O Estado brasileiro e suas políticas com repercussões no território: questão agrária; migrações dirigidas; grandes projetos de investimento; experiências históricas de planejamento territorial. Práticas de intervenção em áreas do Cerrado. Configurações e reconfigurações espaciais do capitalismo contemporâneo. Mudanças recentes na dinâmica territorial brasileira. Inserção produtiva do Cerrado e seu papel na organização territorial e produtiva do Brasil.

 

O CERRADO NA PRODUÇÃO HISTORIOGRÁFICA

 

Ementa: A historiografia sobre a implantação da colonização no Cerrado no século XVIII. A historiografia sobre as atividades econômicas do cerrado. A historiografia sobre a cultura material no Cerrado. As novas tendências historiográficas contemporâneas e a abordagem do Cerrado.

 

MOVIMENTOS SOCIAIS TERRITORIALIZADOS NO CERRADO

 

Ementa: Relações entre sociedade, técnica e território. Relações de poder e resistência que se materializam no espaço e delimitam territórios. Estratégias de apropriação e uso do espaço e seus reflexos na afirmação de comunidades. Movimentos sociais territorializados no campo e nas cidades. Dimensão espacial de estratégias de mobilização popular.

 

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA, LOGÍSTICA E AGRONEGÓCIO NO CERRADO

 

Ementa: A inovação tecnológica e as principais abordagens econômicas do seu impacto sobre o espaço produtivo e o território em áreas de Cerrado. A dinâmica da inovação tecnológica em regiões periféricas, em áreas de expansão agrícola. O agronegócio no Cerrado, o contexto de avanço tecnológico e da criação de valor. A geração e a incorporação dos diversos discursos tecnológicos no Cerrado nas cadeias do agronegócio. A importância dos transportes e da e logística na circulação da produção.

 

CIDADES PLANEJADAS NO CERRADO

 

Ementa: A cidade e o urbano na instauração de uma nova disciplina espacial no contexto das revoluções burguesas. O pensamento urbanístico e as reformas urbanas no século XX. As cidades no processo de formação do território brasileiro. Cidades planejadas, planos de melhoramentos e embelezamentos, planos de circulação. Cidades capitais planejadas no Cerrado: Goiânia, Brasília e Palmas. Cidades novas de pequeno e médio porte no Cerrado. As relações entre a produção, a forma, os usos e as transformações de cidades planejadas.

 

CIDADES, PAISAGENS E PATRIMÔNIO

 

Ementa: Dimensão cultural dos conceitos de cidade, paisagem e patrimônio. As relações das cidades com a natureza. A composição de um Patrimônio Cultural Ambiental e Urbano. Representação, imaginário e percepção das cidades e das paisagens.

 

A DIMENSÃO URBANA NO CERRADO

 

Ementa: O processo de urbanização e suas implicações em áreas de Cerrado. Sociedade urbana contemporânea. Tipologias e origem das cidades. Elementos da escala intraurbana. Análise dos novos fenômenos urbanos/refuncionalização/ reestruturação. O consumo da cidade.

 

SABERES INDÍGENAS E AFRO-BRASILEIROS DO CERRADO

 

Ementa: Saberes indígenas e afro-brasileiros do Cerrado. Identidades e etnias do Cerrado. Preservação do Cerrado, indígenas e quilombolas. Diversidade cultural do Cerrado. Culturas indígena e afro-brasileira no Cerrado. Reprodução sociocultural de indígenas e quilombolas no Cerrado em transformação.

 

NATUREZA E SABERES NOS DOMÍNIOS DO CERRADO

 

Ementa: Visões de Natureza. Os domínios do Cerrado nas narrativas dos viajantes. Fronteira, Cultura e Natureza. O Cerrado e o espaço simbólico. Conservação e Proteção à natureza nos domínios do Cerrado. Devastação e Enfrentamento à natureza no Cerrado. História Natural e Ambiental do Cerrado. Plantas e Saberes do Cerrado. Biodiversidade e a biologia da conservação nos domínios do Cerrado.

 

CULTURA SERTANEJA E SABERES NO CERRADO

 

Ementa: A representação da cultura nas práticas cotidianas do homem sertanejo: plantio tradicional; plantas medicinais; alimentação; rituais; festas; visão de mundo. O sertanejo contemporâneo e as representações midiáticas. Reinvenção de identidades no cerrado.

 

SABERES AUDIOVISUAIS NO CERRADO

 

Ementa: Introdução à História do Cinema. Cinematografia étnico-ambiental. Documentário e ficção. Filmes produzidos no e sobre o Cerrado Brasileiro, analisando-os no contexto da pesquisa histórica contemporânea. Utilização de registros audiovisuais como ilustração de discursos ideológicos. Difusão de culturas regionais. Desenvolvimento do cinema étnico-ambiental a partir das novas tecnologias de registro fílmico-fotográfico. O papel do cineasta-historiador enquanto coletor, editor e primeiro analista das imagens captadas.

 

RELIGIOSIDADES NO CERRADO

 

Ementa: Religiosidade e meio ambiente. A historiografia sobre as religiosidades no Cerrado. As religiosidades no Cerrado na contemporaneidade: tradição e ressignificação Católica; avanço Neopentecostal; as religiões Afro-brasileiras e suas expressões; práticas e crenças religiosas pós-modernas.

 

 

LITERATURA, HISTÓRIA E CINEMA NO CERRADO

 

Ementa: Introdução à História da Literatura e do Cinema goiano e do cerrado. Relações entre Literatura e História. A Literatura e o Cinema como documentos históricos. A estética literária e audiovisual como produtora de representações de processos históricos e difusora de discursos ideológicos. Transposições cinematográficas de obras literárias cerratenses. Documentário e ficção. Desenvolvimento do cinema étnico-ambiental a partir das novas tecnologias de registro fílmico-fotográfico. O papel do cineasta-historiador enquanto coletor, editor e primeiro analista das imagens captadas. 

 

 

 

 

 

Disciplinas: